..

.

http://mural.codigofonte.net/238558

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

sábado, 4 de julho de 2015

Estou em Natal\RN - Curta Temporada : (84) 99869.3586 Tim [whatsApp] !!!

Contatos em Natal\RN : (84) 99869.3586 Tim - (84) 98607.7922 Oi



terça-feira, 16 de junho de 2015

sábado, 13 de junho de 2015

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Contagem Ultra Mega Regressiva para Viajar !!! #FaltaPoko ....


# WhatsApp Profissional : 0 (11) 9.7692.5648 CLARO !!! #   

video

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Seu Video no blog !!!

Keer fazer um video com a Ruby e ter ele  postado aqui no blog, eh bastante facil,

basta voce  mandar  fotos de corpo e dote,junto com o seu whatsApp para o email:

ruby.bela@hotmail.com

Por enquanto apenas meninos da regiao de São Paulo,serao selecionados!!!

agora eh so esperar ... beijinhos

sábado, 25 de abril de 2015

WhatsApp Profissional !!! (11) 97692.5648 Claro !!!


Seria apenas uma Carona !!!

Certa madrugada em uma famosa avenida da Zona Sul de São Paulo,estava eu parada numa esquina, já eram por volta das 03h30 da madrugada e como tinha ganhado uma boa grana, comecei a me preparar para ir embora. Como tinha aprendido, iria pegar uma carona com algum cliente, propor um programa mais em conta e ganhar a carona até em casa ou um simples boquete fazendo o cara gozar gostoso, porém geralmente tinha a sorte de sair com caras que gostavam de mim e acabava ganhando a carona sem precisar cobrar mais barato.
        
Depois de algum tempo que estava esperando, para um carro e o motorista estava a fim de fazer algo comigo, propus que me desse uma carona e no meio do caminho poderia fazer um boquete nele e ele me deixava em casa, aceitou, entrei no carro e fomos. Quando sentei no banco do carona, reparei no motorista que estava me levando para casa, era um cara novo, com seus 20 anos de idade, vestia-se bem, era magro, cabelos rebeldes e mal cortados, o que aguçava mais sua beleza, era realmente um cara bonito, um rosto de bebe fazia qualquer mulher se desmanchar aos seus pés. Enquanto íamos até onde estava morando, surtiu um papo descontraído e ele mostrou ser um cara bom de papo, era atencioso, gostava de me ouvir falar e no menor detalhe que falava de minha vida, ele logo se abria em um sorriso, se a pessoa ainda não tivesse se entregado aos seus encantos corporais, com aquele sorriso ninguém conseguia se controlar mais e se entregaria aos seus doces encantos. Ralf era seu nome, trabalhava em um escritório de advocacia e estava terminando seu curso como advogado aparentava estar bem empolgado para realizar a prova da OAB e não via a hora de se tornar um ótimo advogado, com sua carreira brilhante.

Próximo onde eu morava, tinha uma rua que era um pouco deserta, não tinha muitas casas residenciais e devido ao horário era pouco movimentado, um carro ou outro passava por ali, decidimos para ali mesmo e continuamos a conversar, até que ele me beijou, acredito que era o que ele queria fazer a muito tempo, pois quando ele olhava pra mim, percebi que seu olhar ficava mais em meus lábios do que nos meus olhos. Sua pegada era forte, por ter mãos grandes e firmes, suas mãos percorriam todo o meu corpo, passava em meus cabelos, costas, coxas e bumbum. Como seu carro era bem espaçoso me chamou para irmos para os bancos traseiros e ali ficaríamos mais a vontade. Confesso que aquele dia realmente tinha trabalhado bem, tinha sentido vários paus entrando em minha boca e em meu cuzinho, fui chupada várias vezes, penetrei alguns cuzinhos, gozei na boca de alguns caras, mas ainda não tinha me realizado sexualmente, na verdade eram poucas as vezes que iria embora satisfeita sexualmente, vi que ali, naquele momento, poderia sim ter uma oportunidade de ser realizada sexualmente e preferi deixar rolar, deixar acontecer. 

Suas investidas em mim eram um tanto alvoroçadas, intensas, seu desejo por mim era totalmente nítido e explícito naquele momento, ele me queria, me desejava e me teria naquele momento. Seus beijos ficaram mais intensos, voraz, suas mãos percorriam enlouquecidamente pelo meu corpo, querendo explorá-lo, conhecê-lo melhor. Não contente só com suas mãos, seus lábios também quiseram percorrer meu corpo, primeiro percorrem em meu rosto, depois desceram para o meu pescoço até chegarem a meus seios, enquanto chupava e lambia um, sua mão apertava e acariciava o outro, esse toque me enlouqueceu, me fez delirar, a forma que lambia e intercalava entre um e outro seio, me fazia o querer mais e mais. Estava com um pequeno vestido de alça, e foi fácil me livrar deles, quando me viu somente de calcinha, percebi o desejo em seu olhar, a vontade em me ter, em explorar meu corpo e sentir o sabor que nele tinha, e foi o que fez. Com sua língua percorreu minha barriguinha, lambeu minhas coxas, me virou de costas, ficou admirando meu bumbum que estava escondido em uma pequena calcinha fio dental, voltou a me lamber, agora as costas, me desejava, me queria, foi descendo com sua língua até chegar a minhas nádegas, primeiro mordeu, tirando de mim altos sussurros, depois lambeu-as e foi descendo até ao meio da minha bunda.Ainda por cima da calcinha, sua língua percorria e explorava, arrancando de mim sussurros e suspiros de prazer, apenas colocou a calcinha de lado e senti aquela língua grossa e voraz me penetrando, me invadindo, uma sensação maravilhosa, já recebi várias lambidas em meu doce cuzinho, mas aquela foi totalmente diferente, um prazer diferente, um tesão diferente, me senti desejada, senti, através de sua língua, o prazer que ele sentia, o prazer em explorar e invadir meu corpo apenas com sua língua. Ele tirou minha calcinha, me deixando nua por completo, somente com o salto, e voltou a me explorar com aquela língua, me chupou e me desejou, sua língua agora descia por minhas virilhas, e ele continuava, a lamber e a chupar cada parte, quando menos espero, sua boca cobre todo o meu pau(que nessa hora tava mais que excitado), não esperava que isso acontecesse, foi tão intenso que, se não me controlasse, gozaria na sua boca naquele mesmo momento, realmente ele me desejou, explorou cada parte do seu corpo. Me tirou da posição que estava e carinhosamente me fez deitar no banco do carro, levantou a minhas pernas, levando meus pés até a altura do seu rosto, tirou o salto de um pé e depois do outro, uniu meus pés com as suas mãos e começou a explorá-los com sua língua, que sensação deliciosa, lambia-os, chupava-os, meus pés, os dedos, cada parte, mostrou ser um excelente podólatra, explorava meus pezinhos com um tesão não visto antes.

Depois de tantos tratos, foi a minha vez de sentir o gosto que ele tinha, tirei meus pés de sua boca, sentei e enquanto beijava sua boca, fiz com que ele se livrasse de toda a sua roupa, ficando somente com sua cueca boxer. Comecei a explorar aquele corpo magro e sem pelos uma delicia de homem e de corpo, minha língua e minha boca, percorria cada pedacinho que ele tinha sua barriga, suas coxas, enquanto minha boca e minha língua dançavam naquela escultura de prazer, minhas mãos acariciavam e massageavam seu cacete, que estava estourando e pulsando, um volume excitante e necessário, era grande, mas não imenso, era grosso, mas não exagerado, um tamanho necessário para satisfazer o prazer de qualquer pessoa que se delicie por um membro como aquele. Primeiro comecei a lamber suas bolas, depois passei a lamber seu pau por cima da cueca, não aguentando mais a excitação e o desejo, misturado com a curiosidade em descobrir a beleza daquele mastro, arranquei sua cueca, fazendo com que seu pau saltasse a minha frente, grosso, grande e cabeçudo,era uns  22 cm e iria me preencher exatamente do jeito que gosto de ser preenchida, seu saco era grande, mas era peludo.Ele tinha um jeito de safado puto do jeito que eu gosto, não sou muito fã de um saco peludinho, um saco sem muito pêlos é melhor para chupar, principalmente estando limpinho e cheirosinho como o dele estava. 

Não aguentei mais ficar só olhando e comecei a chupar seu saco, lambia, chupava, mordia, puxava com meus lábios, sugava com toda volúpia que tinha, chupava uma bola, depois chupava a outra, depois colocava as duas na boca, lambia e chupava com muito prazer e desejo, depois comecei a subir pela base do seu pau com minha língua, até chegar à cabeça, e quando ele achou que eu iria abocanhá-lo de uma vez, desci com minha língua até    seu saco novamente, fiz os mesmos movimentos, torturando e fazendo implorar por minha boca em seu pau, quando voltei a subir até a cabeça novamente, ao invés de descer, comecei a fazer movimentos circulares em torno de sua cabeça, deixando-o enlouquecido e para provocar só mais um pouquinho, desço pela base do seu pau com meus dentes, subo novamente e percebo que ele já não está esperando pela abocanhada, achando que eu iria torturá-lo eternamente com meus lábios, dentes e língua, quando percebo que ele não está esperando mais, abocanho de uma vez seu pau em minha boca, colocando o máximo que posso, percebo que ele começa a se contorcer e gemer de prazer, e se controlar para que não goze, comecei com movimentos sutis, lambendo e engolindo aquele pau, até começar com movimentos rápidos e precisos, babando e lambuzando aquele pau,ele sussurrava :" que delicia de chupada gata" , chupei por um bom tempo, me deliciei com ela todinha.

Depois de muito chupar, ele me tira de seu pau, me coloca de quatro e volta a chupar e lambuzar meu cuzinho, começa a brincar com seu pau na portinha do meu rabinho e lamber, faz esses movimentos para me deixar com muito tesão, e realmente estava, meu cuzinho piscava chamando pelo seu pau, em uma dessas passadas, a cabeça do seu pau acabou entrando em meu cuzinho e aquela sensação foi maravilhosa, percebi que ele estava alargando e relaxando meu cuzinho para receber aquele mastro potente, novamente ele voltou a chupar meu cuzinho e voltou a passar seu mastro, e dessa vez além da cabecinha, uma parte do seu pau entrou também, ele tirou novamente e cheguei a conclusão de que se não pedisse ou o fizesse colocar a camisinha, ele iria me foder no pelo assim mesmo, optei para que ele colocasse o preservativo, enquanto ele chupava meu cuzinho. Mesmo encapado, ele não parou com a brincadeira, dessa vez ia metendo mais fundo e voltava a me chupar, até que seu pau estava totalmente atolado em meu cuzinho, que piscava loucamente por aquela rola. 

Quando ele fez menção em retirar para continuar a me relaxar, não deixei, pressionei seu pau com meu bumbum e ele percebeu que eu já estava relaxada e laceada o suficiente para receber as estocadas do seu pau, o que começou rapidamente. Suas mãos apertou firmemente em minha cintura e ele começou a me estocar, a cada estocada que ele dava, era um tesão que eu sentia, aquele pau duraço  me penetrando, ele por trás, hora segurando em minha cintura, hora me abraçava por completo, me sentia realizada, mesmo que tínhamos combinado que seria uma carona e um simples boquete, não me arrependi em deixar acontecer algo muito além de um simples boquete, não foi uma transa em que ele desfrutaria apenas de um cuzinho ou até mesmo de um pau, o faria gozar, pagaria meu cachê e depois ele me deixaria em casa e iria embora, ali foi uma rara oportunidade que ele teve em sentir uma união de corpos, desejoso um pelo outro, em sentir a união de corpos e sexos, seu pau dentro de mim e por ele sentir o calor do meu cuzinho, por incrível que pareça, eu estava sentindo o prazer que eu estava lhe dando e ele estava sentindo o prazer que ele estava me dando, uma conexão de corpos que eu tinha experimentado raras vezes, mesmo que depois que terminássemos e ele fosse embora e nunca mais nos encontrássemos, sentir aquele desejo, prazer e tesão, não me deixaram arrepender pelo que aconteceu, confesso que ali ele deu carona a mim com muito bom gosto. 

Em determinado momento em que ele me penetrava, e já por um bom tempo, ele me surpreende com um pedido, pede para que eu coloque meu salto e meu vestido, cobrindo até a minha barriga, e descermos do carro e terminarmos na rua, aquilo me surpreendeu, isso dificilmente acontece, alguem ter coragem de me pedir para fazer fora do carro e nunca cogitei nessa possibilidade, naquele momento houve uma mistura de tensão, medo e tesão, tudo junto e misturado, e na ânsia de continuar a sentir seu pau dentro de mim e pelo prazer que ele estava me proporcionando, acabei aceitando. Fomos para fora do carro, com a porta do passageiro aberta, coloquei a mão na parte de cima do carro e um pouco afastada, de modo que se alguém passasse mesmo de carro, iria perceber o que estávamos fazendo, ele voltou a me penetrar. Dessa vez com mais voracidade, com mais desejo e vontade, suas estocadas eram firmes e fortes, a cada estocada que ele dava, ali fora, com aquela sensação de ser pega, fazia minha libido aumentar cada vez mais e comecei a perceber que ele estava ficando mais tenso, seu pau estava engrossando mais em meu cuzinho e suas estocadas estavam mais fortes e mais intensas. 

Não aguentando segurar mais o tesão, comecei a me masturbar e em poucos minutos, com todo aquele clímax de prazer e desejo, senti que meu gozo se aproveitava, e surpreendentemente não senti apenas a simples sensação que o gozo traz, mas também uma sensação que até então quase com homem nenhum tinha sentido, apenas com um cara, a muitos anos atrás, que me chupava deliciosamente, depois disso nunca mais senti com nenhum homem e percebi que mesmo se não tivesse me masturbado, teria gozado do mesmo jeito, pois naquele momento senti algo raro, senti o delicioso prazer do orgasmo, mesmo tendo já gozado anteriormente, por algumas vezes, naquele momento meu gozo saiu como se eu estivesse sem gozar por um bom tempo, em fortes jatos de ejaculação, o que era raro acontecer comigo, gozei como nunca e na medida em que gozava e meu cuzinho se contraia com os orgasmos, senti seu pau inchando e começando a pulsar intensamente dentro de mim, ele nem teve tempo de tirar e gozar fora, gozou ali mesmo, dentro de mim, ele me abraçou forte e firme, gozando loucamente, senti seu pau latejando e pulsando dentro de mim.

Nos limpamos, nos vestimos, entramos no carro, olhamos um para o outro, e como um casal bobo apaixonado sorrimos e nos beijamos.Ele  me levou ate em casa, nos despedimos.   Mais como nem tudo é perfeito depois dessa noite nunca mais nos encontramos.

Aquela madrugada pude avaliar e perceber que uma carona pode lhe proporcionar coisas inesqueciveis e muito prazerosas.

Escrito por : Ruby Kardenna 

WhatsApp Novo : (11) 97692.5648 - Claro !!!! apenas contatos profissionais !!!



segunda-feira, 16 de março de 2015

http://www.rubykardenna.com/

Acessem meu site Official  !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



sábado, 31 de janeiro de 2015

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Não Percam . Show Ao Vivo na Cam !!! Acessem :

http://www.lovecam.com.br/exec/performer/broadcast

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Minha transa com travesti !!!

Olá galera, vou me apresentar primeiro...Meu nome é Gustavo, moro em Natal capital do sol no RN,sou branco tenho 31 anos 1,78, 90 kg...boa pinta...mas vamos ao que interessa..sempre tive maior atração por travestis mas nunca tinha tido coragem para sair com uma...sou um cara hétero,mas sempre tive essa vontade...bem perto de minha casa tem ponto de programa de travestis... 

Numa sexta-feira á noite havia saído tarde do trabalho e estava um tempo com aquela chuva fininha...já eram quase  1:30 da madrugada...bem passei por um certo local e um travesti de cabelos loiros me chamou a atenção...tinha um corpo maravilhoso e não aparentava nenhum pouco ser homem...era bem feminina..passei uma vez olhei mas não parei...então passe novamente e criei coragem e parei...mesmo de perto não aparentava nenhum pouco ser homem e era linda,rosto angelical,corpo lindo era um tesão realmente,estava usando tipo uma tela no corpo todo bem decotada transparente que mostrava bem suas curvas maravilhosas e que bunda sensacional... então me apresentei e perguntei seu nome,respondeu Ruby. Conversamos e disse que já estava quase indo embora, que ja tinha trabalhado e que não ia ficar mais  naquela noite chuvosa..bem convidei a levá-la embora e transarmos sem pressa alguma..acertamos o preço e fui levá-la para casa..morava próximo da região,bem próximo da praia...

No caminho conversamos bastante e tinha-lhe dito que era minha 1ª vez com um travesti...ela foi muito legal e carinhosa...me deixou bem calmo e tranquilo que eu iría adorar para me tornar um cliente seu...bem no caminho foi alisando minha pica e eu suas coxas maravilhosas e seus peitos...bom chegamos,estacionei o carro,ela colocou um vestido por cima da roupa que usava ,descemos e então entramos em sua casa,era tipo uma pousada para ferias,gostei.

Ela pediu para ficar a vontade e foi tomar um banho... senteu na cama,e fiquei a espera-la, em seguida voltou enrolada numa toalha que deixava suas coxas a mostra e eram maravilhosas mesmo..veio em minha direção e começou a mim acariciar,nessa altura minha pica já estourava de tanto tesão,então ela segurou minhas mãos e chamou-me para ficar de pé agarradinhos ,se esfregando...fui na hora e logo ela notou minha excitação e começou a alisar e se esfregar no meu pau..não resisti arranquei aquela toalha e comecei a chupar seus peitos, seu pescoço e suas orelhas, ela já gemia de tesão...e percebi que o pau dela ficou duro também...então ela começou a tirar minha roupa bem delicadamente..e beijar minha boca..cara como ela beijava bem e gostoso...

Comecei a alisar sua bunda que era linda, delicia e maravilhosa...tirou minha camisa e depois começou a beijar meus peitos e foi descendo e com a mão ia soltando minha calça...abaixou até o joelho e desceu com a língua até meu pau, ainda por cima da cueca que a essa altura já estava quase rasgando do tesão...então abaixou minha cueca e caiu de boca em minha rola...olha nunca ninguém havia me chupado daquela maneira deliciosa realmente ela tem muito jeito para sexo oral...uma delicia inexplicavel...chupava a cabeça, depois as bolas e depois engolia todinha numa maestria sem igual...não resisti muito e disse que ia gozar, entao gozei nos seus seios durinhos...ela só me olhava com um olhar de puta safada...  

Após isso,ela foi se lavar e eu também fui me limpar, depois deitamos na cama e  ficamos conversando e ela alisando minha rola...quando viu que á estava quase duro novamente caiu de boca de novo e chupou como antes uma delicia...quando percebeu que já estava firme como pedra ficou de 4, que visão inesquecivel, e pediu para brincar na bundona dela...então colocou a camisinha e fui penetrar naquela bunda maravilhosa uma delicia...seu cu era muito gostoso,quentinho e uma bunda enorme e bem lisinha...coloquei a cabeça forcei um pouco e com muita dificuldade entrou...o rabinho da ruby é apertadinho,mas a rola se encaixou direitinho naquele cuzinho quente e delicioso e como ela rebolava para dar mais tesão e gemia feito uma cadela no cio...comecei o vai-e-vem e depois de uns 20 minutos, mudamos a posição, ficamos de ladinho, meti gostoso por mais ou menos 10 minutos, nao aguentei e gozei em seu cu delicioso,ela chegou a gozar junto comigo...
bem transamos deliciosamente...como ela gosta de dar e sabe mexer com a gente para ficarmos excitado...sai mais umas 3 vezes com ela que havia deixado seu telefone..virei cliente de verdade dela...pena que após uns meses foi para São Paulo... Mais nunca esqueci minha primeira vez com essa gostosa.Sorte que as vezes ela ainda visita Natal, alias sorte minha,rs.


Enviado por : Gustavo Potiguar

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

sábado, 13 de setembro de 2014